Carousel imageCarousel image

CH - ESTÓRIAS - CH

Carousel imageCarousel image
129 - Regressei ao Chalet-à-Gobet nove anos depois...
130 - 😊 Work in progress 😊
131 - 😊 Work in progress 😊
132 - 😊 Work in progress 😊
125 - Quando um Bravo encontrou um Alien em Gruyères...
126 - Por breves instantes, junto do Lac Arnensee julguei que estava no Canadá...
127 - Das Aiguilles de Baulmes, não tive energia para subir ao Suchet…
128 - No Barrage d’Emosson compreendi que quem se mete em atalhos, mete-se em trabalhos…
120 - Quem subir ao Mont Brûlé, não se queima de certeza…
121 - Passados oito anos, consegui saber o que se encontrava do outro lado da Cabane de la Tourche…
123 - No mesmo dia, passei pela Cabane du Fenestral et Cabane de Sorniot…
124 - Para atingir o Col de Cou, tive de esquivar-me a uma interdição…
115 - Subi à torre do Mont-Gibloux…
116 - A última do ano era para ser no Mont Tendre, mas a neve não deixou…
118 - Sete anos após, regressei não ao Tibete mas ao Mont Tendre…
119 - Foram necessários 8 anos para conseguir atingir o Kuklos…
111 - Visita ao Glacier de Zinal…
112 - Em Corne de Sorebois este Bravo nunca tinha subido tão alto…
113 - Fui até ao Lac de Fully, mas não tomei banho…
114 - Regresso aos Diablerets e à Quille du Diable…
107 - Nos altos de Liddes tive de lidar com o turn back
108 - Coloquei um pé em Itália via o Grand Col Ferret…
109 - Regressei a Crans-Montana para terminar o iniciado…
110 - Orange – What else? Para se subir à Dent du Vaulion…
101 - Elas não matam, mas aleijam...
102 - Afinal o Gulliver ainda não pôs os pés na Dôle…
103 - Terei de regressar malgré moi a Crans-Montana…
105 - De Chandolin vi-me grego para atingir o cimo do Col des Ombrintzes...
095 - Sou escravo pelos meus vícios e livre pelos meus remorsos...
098 - Sempre que comer um pão pita lembrar-me-ei da Origem do Mundo…
099 - A última do ano 2018 fez-se sob -3°C…
100 - Afinal não resisti, a última do ano foi hoje mesmo…
090 - Quem efetuar o Tour du Monfort ouvirá jazz de certeza…
091 - Quem pouco dormir regressa a Mauvoisin…
092 - No Barrage de Moiry descobri a minha nova vocação, salta montanhas…
094 - Em Evolène a poisse impediu este Bravo de terminar uma prova da Garmin Cup Suiça…
083 - Levei 4 anos para digerir a barragem La Grande Dixence…
085 - Em Morges descobri que o verdadeiro amor é eterno e não se explica. Nem é preciso…
087 - Atingir a felicidade no Jura Vaudois…
088 - No Lac de Dix um galo mostrou que afinal é um touro…
077 - Em Romainmôtier o tempo deixou de contar…
078 - La Tine de Conflens onde dois rios se juntam em cascata...
081 - Em Ursy não vi ursos mas rolei com um verdadeiro Lamborghini...
082 - Em Mauvoisin vislumbrei um pouco do paraíso...
073 - Goethe, Guy de Maupassant, Mark Twain, Lenine e Pablo Picasso maravilharam-se com o Col de la Gemmi…
074 - Regresso atribulado à l’Argentine...
075 - No Lac de Joux a neve impediu-me de atingir o objetivo do dia...
076 - Quem diria que em Aubonne seria onde tudo começaria…
068 - Não tiramos bilhete para visitar o circo do Creux du Van...
069 - Ir a Verbier tornou-se quase uma peregrinação...
071 - No Glacier de la Plaine Morte o infortúnio bateu-nos à porta...
072 - Do Lac-de-Bretaye tentei alcançar a Argentina…
063 - Les Pleíades reloaded
064 - Bourg Saint-Pierre, onde Napoléon Bonaparte pregou o calote…
066 - A caminho de Geltenhütte aprendi a respeitar a vida…
067 - Le sentier des chamois e neve, não combinam…
058 - Não há duas sem três em Verbier…
059 - Não precisei de 620 anos para percorrer o Aletsch…
061 - Se eu fosse Gulliver, chutava a Dôle…
062 - A primeira do ano foi em Isenau…
053 - E se de repente um desconhecido lhe oferecer flores no Col du Marchairuz...
054 - Belzebu também retemperou energias na Pierre de la Paix...
056 - Les Portes du Soleil na companhia de um anjo…
057 - Nunca digo que não à Bisse du Ro...
048 - Le Lac d’Emosson não se deixou circundar…
049 - Quem vai à Quille du Diable tem de passar por Scex Rouge…
051 - A última do ano é sempre a melhor…
052 - Em Bière não deu para tomar uma bière…
044 - Mont Tendre – The revenge
045 - Fui a Champier tentar domar um touro…
046 - Quem sobe ao Mont d’Or não encontrará ouro…
047 - Em Verbier este bravo consagrou-se…
037 - Afinal o castelo da Disney não fica em Paris mas em Vufflens-le-Château…
040 - A minha primeira vez com raquetes…
041 - Do Col du Pillon quase que dava um salto ao Glacier 3000…
042 - Mont Tendre, I will come back and I will kick your ass!...
031 - Do cimo do Eggishorn vi o glaciar de Aletsch…
034 - Mordi Les Dents de Morcles e soube-me pela vida…
035 - Fui ao Chasseron para poder tocar La Pierre de la Paix…
036 - Gorges du Dailley e Gorges de Trient ou o dois em um…
027 - Chalet-à-Gobet a minha nova pista de treinos…
028 - Les Portes du Soleil ou lorsqu’un homme rentre au Paradis
029 - La Bisse du Ro ou a afirmação do engenho humano…
030 - Au Barrage de la Grande Dixence mandam os que lá estão…
023 - Les Rochers de Naye sem neve, não era a mesma coisa…
024 - Da Torre D’Aï não vislumbrei dragões alados mas sim serpentes…
025 - Évian-les-Bains ou a França aqui tão perto…
026 - No Lac de Taney encontrei Notre dame des Neiges…
018 - À la découverte des Terrasses de Lavaux
019 - Os brinquedos com que sempre sonhamos…
020 - Au bord du Léman, le Château de Chillon
021 - Au château, les moutons de la rue n’auront pas d’ennuis (*)…
014 - I believe I can fly, I believe I can touch the sky
015 - Já que o pecado mora mesmo ao lado, nada como pecar…
016 - A minha primeira vez em Lausanne…
017 - Les Pléiades ou quando um Bravo vira terronauta…
010 - Aceitei o convite para posar na Playboy da minha estância…
011 - Fui até Schwägalp, mas não apanhei boleia do teleférico…
012 - Subida ao Kronberg ou o Curtir das Carnes…
013 - Um pintor chamado Outono…
006 - Um Bravo sofre quando rola abaixo dos mil…
007 - Subjuguei dois lagos e uma antena sorriu…
008 - Passeio à borliu com o patrocínio do meu sponsor
009 - Rira bien, qui rira le dernier, assim diz o povo …
001 - Crónica de um Bravo do Pelotão por Terras Helvéticas...
003 - Um Bravo do Pelotão foi pelos Ares...
004 - Nada como uma avaria grave logo na 1ª volta com a minha MERIDA por Terras Helvéticas…
005 - A minha primeira incursão até ao lago Seealpsee…
www.bravosdopelotao.pt
bravosdopelotao@sapo.pt
PT - Póvoa de LanhosoCH - Lausanne
PT - EN - FR - ES
Escolhemos estar presentes somente em algumas redes sociais. Siga-nos via a nossa Newsletter ou visite-nos sempre que possível ou necessário!
© Bravos do Pelotão - Copyright 2010 | Webmaster Alexandre Pereira | Cookies | Política de Privacidade | Termos e Condições | Newsletter